O segredo para a mudança de paradigma da sua finança pessoal e do seu empreendimento! Sério se você tem um pequeno negócio ou precisa melhorar sua saúde financeira você precisa criar o hábito de cumprir seu orçamento.

 

A gente reclama do governo, dos cortes, da saúde precária mas geralmente repetimos seus atos falhos. Pois por não cumprir nosso orçamento ficamos endividados, não conseguimos investir em nossa saúde com alimentação melhor, acompanhamento de um nutricionista, psicólogo e mais.

 

Pra você mudar isso você precisa de comprometer a ter práticas melhores. Você se compromete?

 

Não ouvi você dizer, fala aí; eu me comprometo a mudar meu hábito financeiro.

 

Bom, agora que você se comprometeu podemos seguir.

 

Você precisa definir seu orçamento e aqui iremos abordar cinco tipos:

  1. Orçamento estático. (FIXO)
  2. Orçamento flexível.
  3. Orçamento continuo. 
  4. Orçamento base zero.  
  5. Orçamento por atividades. 

 

  • ORÇAMENTO ESTÁTICO (FIXO).

No orçamento fixo você lista todas receitas e despesas previstas para o ciclo. (De Janeiro a Dezembro).

 

Nesse modelo você não vai realizar alterações no previsto. Por mais que sua receita seja menor ou maior você não irá alterar a peça orçamentária.

 

  • ORÇAMENTO FLEXÍVEL 

Neste modelo você pode realizar alterações conforme os resultados, se ao realizar uma parada para controlar o orçamento (De três em três meses, por exemplo).

 

Se em Abril você verificar que suas receitas estão abaixo do previsto, agora você tem informação para tomar uma decisão assertiva, reduzindo suas maiores despesas que não sejam essenciais.

 

Se sua receita foi conforme o previsto, ainda assim você pode corrigir despesas desnecessárias para o seu objetivo.

 

  • ORÇAMENTO CONTINUO. 

Esse modelo é mais dinâmico e exige maior comprometimento. Aqui o ajuste é mensal. Você irá realizar a projeção para o ciclo: De Janeiro a Dezembro, contudo no término de janeiro você irá comparar o previsto com o realizado e fará os ajustes de Fevereiro/19 até Janeiro/20.

 

Nesse formato não há parada para ajuste, a peça orçamentária irá seguir, daí o nome contínuo.

 

  • ORÇAMENTO BASE ZERO.

Se você reparar os anteriores levam em consideração o histórico para montar e ajustar o orçamento.

 

Nesse você irá montar seu orçamento conforme os objetivos do seu empreendimento ou da sua família.

 

Aqui você determina o alvo:

  1. Receita de R$ 10.000,00
  2. Despesa de R$ 3.000,00

 

Com isso você se determina a cumprir a meta e faz os ajustes necessários para chegar na meta. Para aumentar a receita; trabalha em outros serviços pontuais, faz hora extra ou aumenta as vendas. Para reduzir as despesas: evita saídas, reduz os lanches, corta os gastos no cartão, reduz o padrão ou consumo do carro, reduz o plano telefônico da empresa e muito mais.

 

  • ORÇAMENTO POR ATIVIDADES.

Aqui você determina os gastos conforme as atividades principais. Conta de luz, compras, educação e as outras atividades que sejam essenciais para você. No caso da sua empresa são as atividades fins, o que você precisa fazer para gerar seu produto/serviço.

 

Depois de definir as atividades importantes, aponte o quanto será necessário para esta atividade e quanto ela pode gerar de receita neste período.

 

Bom agora que você já sabe como utilizar esses tipos, vamos utilizar aqui o Estático (FIXO)por ser o mais simples de ser implementado, caso você já tenha habilidade com orçamento pode utilizar outro tipo, se não, sugerimos que Inicie pelo fixo e depois vá melhorando e incrementando seu controle orçamentário.

 

  1. Inicie sua planilha ou pegue papel e uma caneta.
  2. Liste toda sua fonte de renda, use seus extratos bancários para ter um histórico dos anos anteriores.
  3. Escreva sua previsão de receita em cada fonte informada para cada mês.
  4. Da mesma forma faça com suas despesas, liste todas. Use as faturas anteriores para ter uma idéia da variação.
  5. Com base meses dados verifique se você está com resultado positivo ou negativo.

 

Agora você tem informação para tomar as decisões básicas, se o saldo for negativo poderá definir o que cortar neste momento.

 

Se for positivo, verifique se está dentro do que você deseja e se não, liste cinco formas de gerar novas receitas. Pode ser realizando investimento, vendendo um novo produto ou pedindo aumento.

 

Com o saldo definido no limite que você espera para este ciclo agora você precisa realizar e cumprir o que você se comprometeu lá em cima. Manter seus gastos dentro do limite e impedir que fujam do programado. E captar as receitas estipuladas.

 

Coloque um lembrete em sua agenda dentro de três meses, para realizar o controle e avaliar os resultados estipuladas com o realizado.

 

Se estiver abaixo: corte.

Se estiver acima: Parabéns! Você está caminhando em superavit.

 

Não existe mágica, crie um orçamento e cumpra-o!

 

Sucesso gestor.