Os líderes e gestores a cada dia precisam se agregar nas condições de trabalho, cultura, motivação e metas que direcionem seus colaboradores.
 

Todo líder precisa assumir a responsabilidade pelo seu pessoal; dar ordens, monitorar o desempenho, corrigir falhas e recompensar com bons resultados.


As empresas que ainda não conseguem dimensionar a lucratividade de potencializar e reter profissionais que se colocam a ideais que transpasse a visão do crescimento da empresa que tem como prioridade que suas metas sejam as metas de alavanque organizacional, estas acabam vendo o investimento nos funcionários como meras despesas que via de regra, se mudarmos nossa forma de enxergarmos tal situação, poderemos ver a lucratividade a longo prazo dentro da organização. 

Os líderes e gestores a cada dia precisam se agregar nas condições de trabalho, cultura, motivação e metas que direcionem seus colaboradores. 

O clima organizacional e a flexibilidade tem sido um dos grandes atrativos nos profissionais de hoje, por priorizar a qualidade de vida, onde seus colaboradores podem também optar por benefícios que possam te proporcionar vida saudável e passeios culturais estendidos a sua família. As multinacionais já conseguem visar está lucratividade do retorno em suas metas onde o bem estar de seus colaboradores o faz mais potente do que o investimento pode lhe causar nas finanças propostas em cada benefício desenvolvido após estudos voltados dentro do perfil organizacional. 

O lucro está no investimento em sua equipe que posteriormente irá gerar retorno através da qualidade empregada para exercer suas funções, entretanto, poucos gestores enxergam o valor das pessoas dentro de suas organizações, por conseguinte não obtém o lucro que vem das mesmas. 


Por: Michelle Silva.