Os produtos da Centra eram comercializados em pacotes e poderiam ser instalados em ate 5 dias, mas com toda infraestrutura de treinamento com suporte integrado.

 

A Centra Software foi fundada em 1995 por Leons Navickas após 12 anos trabalho na empresa Devepolment Corporation. Financiada por North Bridge Venture Partners, Burr Eagan and Company e por várias outras pessoas, a Centra cresceu após o lançamento do seu protótipo, o Symposium em 1997, os seus primeiros clientes estavam a Bay Networks, AT&T, Motorola, Wall Data, Rational Software e a Universidade Stanfor comandando o lançamento no mercado, teve como um grande colaborador sr.Reed como vice presidente onde contribuiu com o aumento por mais de dez vezes do valor de mercado na década de 90, em 2002 alcanço a receita de US$ 23 milhões, com 210 funcionários e 10 escritórios de venda na América do Norte, na Europa e na Ásia com carteira de 440 empresas de clientes.

Centra oferecia 3 produtos; 
Emeentig (possibilitando reuniões virtuais), na área de treinando interno e externo com abrangência de até 100 pessoas (mas em geral 4 a 6 participantes.

Conferência (possibilitando seminários interativos e palestras, participando por meio de intranets, extranets ou da internet, envolvendo um grupo de até 1000 participantes, mas em geral de 100 a 150 participantes. 

Symposium, possibilitava experiência de sala de aula virtual para treinamento prático, onde era o carro-chefe da empresa, envolvendo um grupo de até 250 colaboradores, mas em geral de 10 a 30 participantes.

Os produtos da Centra eram comercializados em pacotes e poderiam ser instalados em ate 5 dias, mas com toda infraestrutura de treinamento com suporte integrado.

Com uma visão de dominar o mercado mais rápido possível, mas com algumas questões para resolver como por onde começar a atacar a Centra com um grande concorrente com potencial para supera-la lado a lado com uma carteira de 3.300 empresas a Centra visou sempre atacar as empresas da global 2000 como foco principal E algumas de pequeno e médio porte, Lesser sempre orientou seus vendedores a atacar pelo alto visando os gerentes operação e de recursos humanos dando autonomia para negociação. Com 40 vendedores divididos na Europa e América do Norte no ano de 2000 a Centra visando aumentar seus lucros instalou a equipe de televendas com dois funcionários que logo no ano seguinte chegando a oito visando 12% de ganho nesse setor.

A Centra sempre operava dentro do que a própria empresa denominava um ecosistema de parceiros somente 8 dos seus vendedores trabalhavam dessa forma com a boa relação com seus clientes os vendedores não achavam dificuldade em conseguir novas parcerias por intermédio de indicações com a Cisco e vender o que os clientes querem está pronto para atender o mercado com qualidade sem ver complicações sabendo que há espaço para todos.

 

Por: Michelle Silva.